É bom ser crente!

    
"Ao passar pela frente da casa de seu Donato dou boa tarde para ele e me responde com "a paz do Senhor!",  perguntei para ele como sabia que eu era crente, ele falou: "porque você está naquela casa"(ele ficou sabendo que havia chegado crente ali por outra pessoa, risos), Perguntei a quanto tempo ele era crente e ele falou que aceitou Jesus em 1978, por sinal a melhor decisão de sua vida. Contou que sua esposa era crente e que não gostava que ninguém pregasse para ele. Um dia sua esposa foi para um culto e deixou ele em casa com o seu primeiro netinho (Lindoval). Uma certa altura seu Donato convidou seu netinho para ir à mata cortar lenha, ao chegar na mata, depois de haver cortado a lenha, quando estava amarrando o feixe, seu netinho, que estava brincando enquanto seu avô trabalhava, perguntou: "vô! o senhor é crente?" Ele olhou para criança e respondeu: "Não!", a criança retrucou: "Vô! vai ser crente, é bom ser crente." Depois disso ele abandou o jogo, o fumo jogou fora e aceitou a Jesus. Ao terminar de me contar a história de sua conversão, chorou, e disse: "toda vida que lembro dessa história me emociono.""

#Históriasdepratico
#etedjocumsertao




Bruno Vieira

Separado desde sempre para plantar, regar e colher em terras sertanejas.
Previous
Next Post »
0 comentários