A Eterna loucura ...

 
   Eles carregam consigo a força, a suavidade ou fortaleza, o riso descompromissado, a curiosidade, o dom de surpreender e encantar, o sentimento profundo de deixar marcas, de fazer história, de serem heróis e heroínas de uma geração sem grandes referenciais; 
   Ainda topam viver a loucura do evangelho, de seguir Jesus sem saber o que vai encontrar, de doar seu tempo e sua vida, como oferta voluntária e dolorosa, ainda possuem medo, mas  obedecem à mesma voz que convidou o jovem rico para uma aventura sem volta, que ele recusou, eles ainda se entregam  a um chamado para viver e ser marcado pela mensagem da cruz; 
   Marcados, marcas são o que não faltam na nossa juventude, marcas dolorosas, profundas, marcas, o desafio da missão proposta pelo Senhor, é andar com um povo que renuncie suas marcas para glorificar e atrair pessoas, isso é loucura, todos concordamos nesse ponto, " a cruz é loucura", apenas os loucos entendem, ou não, apenas se jogam loucamente...
    Meu coração arde quando o rosto deles brilha ao testemunharem suas trajetórias desde que foram chamados, é tudo tão doido, são histórias tão cheias de detalhes irreais, de coisas e situações que jamais se encontrariam normalmente, daí vem a intervenção divina e transforma tudo numa loucura, numa bagunça para nossos olhos e sentimentos, mas em plena organização para o autor do chamado.
   Não faltam confirmações, também loucas, ao longo da estrada que fica à margem e que sempre leva loucos à lugares não convencionais, aconteceu com os 12 discípulos, permanece acontecendo até hoje, eles largaram a lógica em algum lugar normal e com seus cabelos coloridos, brincos pequenos ou exagerados, maquiagem ou cara limpa, roupas folgadas ou ajustadas, sotaque de leste ao oeste, norte nordeste, sul sudeste, espalham as boas novas, dançando, escrevendo, cantando, atuando, pintando, declamando, desenhando, testemunhando, sorrindo, vivem como se o tempo não fosse passar, não se admiram com a diversidade, apenas a possuem em seu DNA, comportamento e caminhar...
   Como me constrange os seguidores visionários de Jesus, como se entregam, como pulam de cabeça no buraco negro e crêem que o chão vai chegar, para gerar vida, é preciso morrer, para crescer, é preciso descer, para conhecer é preciso mergulhar, para entender, é preciso enlouquecer...



Previous
Next Post »
2comentários