Impacto de Juazeiro 2014

  Este ano ocorreu o  17º Impacto de Juazeiro na romaria de finados, como disse Nei Roriz na abertura, nesse caso, é muito bom olhar pra trás e ver tudo o que Deus fez até aqui e que continuará fazendo.
   São 17 anos de uma busca incessante pela Vontade e os sonhos de Deus para Juazeiro, para o Nordeste. Cremos que quando Deus prepara um exército, a vitória é certa, então quando os soldados entram na batalha, oramos para que o reino de Deus seja o alvo.
     Nessa perspectiva, acordar às 04hs da manhã para preparar café, pão e água para os romeiros, é um renovo, é começar o dia crendo, que é melhor dar do que receber, crendo que Jesus se revela nos menores atos, nos corações mais dispostos.
     Sair para as escolas e apresentar um olhar de inconformidade, de esperança, de amor e respeito para jovens mentes em formação é de fato um privilégio, as boas novas sempre serão as boas novas.
     Distribuir água nas praças, nos pontos de romaria, levar água aos sedentos literalmente, ouvi-los, abraçá-los, profetizar uma libertação de entendimento, uma mudança, um propósito real e levá-los a fonte da água viva, é um refrigério.
     Lutar contra o abuso, exploração sexual e proteger nossas crianças, fazendo campanha nos sinais, incentivando a denúncia, ouvir comentários absurdos, emocionar, encorajar e conscientizar um grande número de pessoas sobre esse grave problema mundial é a certeza de que não há maior liberdade do que em Cristo Jesus.
       Vestir-se com roupas estranhas e coloridas e arrancar sorrisos de crianças que estão sendo acostumadas numa tradição, falar de Jesus pra elas, entendendo que as crianças são solos férteis, são promessas, e quando alcançados os melhores evangelistas.
     Sair à noite para impactar nos focos de romaria, revelando Jesus através de uma peça, dança, malabáris, palavra e evangelismo pessoal, muito evangelismo pessoal, ouvir pessoas, testemunhar, orar, liberar uma Palavra, crer, ver milagres, chorar, sorrir, se posicionar, é  se apropriar do mandamento do Senhor que diz: Ide! é escolher as armas mais eficazes na batalha, é se alegrar por fazer a vontade de Deus.
     Receber de Deus, interceder, cobrir os soldados espiritualmente, ouvir Deus, responder, descansar nEle, é escolher a melhor parte, entendendo que o tempo aos seus pés é o mais agradável, o mais renovador, o que nos torna mais fortes.
     Enquanto todas essas coisas ocorrer, proclamar a palavra de Deus, 24 horas durante os  4 dias do impacto, presenciar pessoas parando, sentando, ouvindo e entendendo a voz de Deus é muito mais do que gratificante, é restaurador, renovador. Juazeiro recebeu do Pai palavras de imensurável valor, poder e acima de tudo, amor, mesmo que os olhos não vejam, ouvidos ouviram, corações receberam, vidas transformaram-se, cadeias foram quebradas, Jesus sentou à mesa, o reino de Deus é chegado.
     Ano que vem o Impacto de Juazeiro terá sua 18ª realização, além disso como base só podemos adiantar que Deus continuará indo além de nossa força, capacidade física e mental, Ele continuará nos liderando, surpreendendo e nos enchendo dEle mesmo, nossa oração é para que o Espírito Santo cuide dos novos cristãos, preparando discipuladores e Igrejas para recebê-los, quanto a nós, eis-nos aqui Pai. 











   




Previous
Next Post »
0 comentários